Carta de crédito para carro: entenda por que é uma boa opção para a compra

Veja como a carta de crédito para carros funciona e quais são suas vantagens!
  • Atualizado em May 19, 2021
  • Publicado em November 7, 2019
  • Seu carro

O consórcio é uma das melhores opções para quem deseja alcançar objetivos materiais sem comprometer a sua vida financeira. Essa modalidade de compra permite que você adquira uma variedade de bens e serviços utilizando uma carta de crédito, de maneira simples, acessível e econômica.

No entanto, apesar dos benefícios da carta de crédito e das facilidades trazidas pelo consórcio, ainda é comum que dúvidas surjam em relação a esses dois conceitos. Por isso, preparamos este artigo para tratar sobre o consórcio e explicar melhor o que é carta de crédito e como ela funciona para adquirir um carro.

Então, está em busca de uma opção segura e acessível para comprar um veículo, um imóvel, ou até mesmo para fazer aquela viagem? O consórcio é o que você precisa. Continue a leitura e entenda melhor.

O que é uma carta de crédito?

Antes de qualquer esclarecimento adicional, é importante entender um pouco mais sobre o funcionamento do consórcio. Quando você contrata um plano e passa a fazer parte de um grupo de consórcio, na realidade você está adquirindo uma cota e se tornando integrante de um grupo de pessoas que tem o interesse comum de adquirir um bem ou serviço. A partir daí, realiza pagamentos mensais, estabelecidos de acordo com o plano contratado.

Os valores das parcelas pagas pelos membros do grupo são reunidos para formar um fundo comum, o qual será utilizado para contemplar cada participante com a sua respectiva carta de crédito — um instrumento financeiro que constitui o valor necessário para a aquisição do bem desejado. Se uma pessoa participa de um consórcio estipulado em R$200 mil, por exemplo, a carta de crédito corresponde a esse valor.

As contemplações acontecem durante as chamadas assembleias, eventos nos quais um ou mais participantes são contemplados, por meio de sorteio ou lances — falaremos mais sobre esse ponto adiante.

O que é possível adquirir por meio de um consórcio?

Atualmente, o consórcio é tido como uma das modalidades de aquisição de bens mais utilizadas pelos brasileiros. Na prática, isso se deve às vantagens que ele apresenta, além da variedade de bens e até de serviços que podem ser adquiridos a partir de um consórcio.

De forma resumida, qualquer pessoa hoje pode participar de um grupo de consórcio, planejando a aquisição de bens e serviços de diferentes naturezas, como:

  • imóveis;
  • terrenos;
  • carros e motos;
  • serviços de saúde;
  • festas de casamento, formatura e afins;
  • viagens;
  • estudos, e muitas outras opções.

Como dito, além da diversidade de alternativas para se fazer um consórcio, essa modalidade de aquisição ainda apresenta uma série de vantagens, tais como:

  • não incidência de juros - o que existe é a taxa de administração, que é a forma de remuneração da administradora;
  • planos flexíveis e adaptados aos mais diferentes perfis financeiros;
  • contratação simplificada;
  • segurança financeira;
  • acesso planejado aos bens desejados, entre outras.

como utilizar a carta de crédito do consórcio?

O principal objetivo de quem participa de um grupo de consórcio é conseguir a contemplação e, com isso, ter acesso ao bem desejado. Quando essa contemplação ocorre, o consorciado passa pelo processo de liberação do crédito e tem acesso à sua carta de crédito, cujo valor corresponde ao do bem inicialmente contratado — como já explicamos.

Vale deixar claro que a carta de crédito só permite a compra do bem da mesma categoria estabelecida no contrato do consórcio. Em regra, não é possível adquirir um carro com a carta de crédito contemplada em um consórcio imobiliário e vice-versa.

Além disso, a carta de crédito dá acesso ao bem com as mesmas vantagens do pagamento à vista. Ou seja, com ela, é possível negociar descontos e barganhar com o vendedor, já que o valor do crédito é transferido integralmente, como se o bem estivesse sendo pago em dinheiro.

É possível adquirir uma carta de crédito já contemplada?

É sim possível adquirir uma carta de crédito já contemplada. Nesse caso, o que ocorre é a transferência de titularidade do contrato de consórcio de um membro para um terceiro. Essa possibilidade também depende da autorização da administradora do consórcio, pois existe um procedimento a ser realizado para que se conclua a transferência.

Embora a compra de uma carta de crédito contemplada pareça algo tentador, é preciso tomar alguns cuidados antes de fazer a aquisição. Por exemplo, é preciso ter atenção a pontos como os seguintes:

  • ter a certeza de que a administradora é uma empresa autorizada pelo Banco Central;
  • certificar-se de que a cota adquirida está mesmo contemplada — o que pode ser feito a partir da conferência da ata de contemplação;
  • avaliar se não existem pendências no contrato, como parcelas em aberto;
  • planejar-se financeiramente para o pagamento das parcelas futuras, caso assuma essa responsabilidade.

Carta de crédito para comprar carro vale a pena?

Como mencionado, uma das grandes vantagens da carta de crédito é que ela fornece poder de negociação para os participantes de um consórcio. Como podemos equipará-la a um pagamento realizado à vista, o contratante passa a contar com maiores chances de conseguir descontos e benefícios na hora de fazer a compra do seu veículo.

Podemos destacar, ainda, outros diferenciais significativos. Um deles é que não é necessário dar uma quantia como forma de entrada, ou seja, o valor do bem é parcelado integralmente pelo prazo do plano contratado.

Outra vantagem é que não há a cobrança de juros, o que existe é a taxa de administração, que corresponde a um percentual fixo do valor da carta de crédito e é diluída ao longo de todo o prazo de pagamento do plano.

Como o consórcio é uma forma de aquisição planejada, caso você já tenha um veículo e pretenda trocar em breve, essa é uma maneira de se preparar financeiramente e fazer a substituição com calma.

Além disso, o poder de compra do consorciado se mantém ao longo do plano, mesmo que haja mudanças no valor do bem. Isso acontece porque são realizados reajustes periódicos, que são estabelecidos em contrato, a fim de manter a carta de crédito suficiente para a aquisição do bem desejado independentemente de quando ocorrer a contemplação.

Por fim, as cartas de crédito podem ser utilizadas para a aquisição de qualquer bem — desde que ele esteja dentro da categoria contratada, como imóvel ou veículo. Isso significa que você tem flexibilidade para escolher a marca e modelo do seu carro de acordo com as suas necessidades.

Como ser contemplado em um consórcio de carro?

Como mencionado, a contemplação no consórcio pode ocorrer de duas formas: por meio de sorteio ou pela oferta de lance. Para ficar mais claro, explicamos a seguir!

Sorteios periódicos

No caso do sorteio, o participante é contemplado de forma aleatória, ou seja, conta com a sorte. A depender do plano contratado, podem ser sorteados um ou mais consorciados nas assembleias periódicas. Uma dica é sempre consultar essa informação no momento da contratação do plano.

Oferta de lance

Já no lance, o consorciado oferta um valor que corresponde à antecipação de parcelas do consórcio, o que é uma forma de aumentar as chances de contemplação. Existem dois tipos de lance:

  • lance fixo: aqui, o percentual das ofertas já é definido em contrato, como 30% da carta de crédito, por exemplo. Como os participantes dessa modalidade ofertam o mesmo percentual, geralmente é feito um sorteio para definir o contemplado. Vale lembrar que cada administradora pode estipular as suas próprias regras;
  • lance livre: nessa modalidade de lance, cada participante oferece o valor que achar mais adequado. Nesse caso, é interessante estudar com cuidado o histórico do grupo para entender qual é o percentual médio oferecido pelos participantes e avaliar as condições de ofertar valores maiores.

Caso não tenha recursos próprios para pagar o lance, é possível utilizar parte do valor da própria carta de crédito para pagá-lo. Isso é conhecido como lance embutido. Assim sendo, ao ser contemplado, o valor recebido virá com esse desconto. É importante acrescentar que só será necessário pagar o lance caso ele seja o ganhador.

Como ter acesso à carta de crédito?

Após a contemplação, o consorciado contemplado na assembleia precisará seguir alguns passos para ter acesso efetivo à carta de crédito e assim fazer a aquisição do bem desejado. Não há maiores segredos quanto a isso, mas é preciso ficar atento para atender às exigências solicitadas.

Normalmente, toda a documentação exigida pela administradora serve para garantir a segurança legal e jurídica da operação de liberação da carta de crédito. Logo de cara, o contemplado não pode ter seu nome listado nos serviços de proteção ao crédito (ou seja, ele não pode estar com o nome sujo).

Em seguida, é de praxe que a administradora solicite a apresentação de garantias. A razão para isso é simples: mesmo contemplado, o consorciado deve continuar pagando as parcelas, então é preciso certificar-se de que ele honrará esse compromisso até o final.

Os tipos de garantia exigidos variam de acordo com o contrato do consórcio, mas podem ir de um outro bem em nome do consorciado, como um imóvel, ou a apresentação de um fiador.

Junto a isso, o contemplado deve entregar seus documentos pessoais e comprovar renda, para ter certeza de que ele será capaz de arcar com as parcelas do consórcio ainda em aberto.

Para proceder à compra do bem, é necessário identificá-lo corretamente. No caso de veículos, é preciso informar marca, modelo, ano e cor, entre outras informações pertinentes. Sempre é bom lembrar que as regras dessa etapa podem variar de acordo com a administradora, então, diante de qualquer dúvida, o ideal é solicitar ajuda à empresa.

Quais são as alternativas para a utilização da carta de crédito?

Além da compra do carro desejado, após a contemplação, o consorciado tem algumas alternativas para fazer uso da sua carta de crédito. Vale reforçar que, com a carta em mãos, é possível adquirir qualquer bem dentro da categoria na qual o consórcio está inserido. Ou seja, não há limitação sobre qual o modelo de veículo escolher.

Com a devida anuência da administradora e seguindo todos os passos exigidos, é possível utilizar esse instrumento financeiro também para quitar um financiamento já em curso, o que pode ser uma opção interessante para quem quer se ver livre da dívida.

Por fim, existe a opção de converter o valor da carta de crédito em dinheiro. Para isso, de acordo com as normas do Banco Central, é preciso esperar 180 dias após a contemplação e quitar todas as obrigações junto ao grupo do consórcio.

O que considerar ao contratar um consórcio?

O consórcio firmado com uma administradora de credibilidade no mercado tem muitos benefícios. Assim, é essencial pesquisar bem sobre a administradora do consórcio. Isso porque essa instituição será responsável por organizar todos os procedimentos ligados ao seu investimento. Dessa forma, é necessário buscar uma opção que transmita segurança durante todo o processo.

No Brasil, esse tipo de negociação é fiscalizada pelo Banco Central (BC). Assim, é possível checar no site do BC se a empresa é confiável e conferir a seriedade do serviço prestado. Além disso, pesquise a reputação da organização no mercado e a percepção por parte dos clientes.

Outro equívoco comum tem a ver com a própria condição financeira do participante. Caso as suas contas não estejam em dia, você pode acabar comprometendo o pagamento das parcelas firmadas em contrato, e a inadimplência compromete a sua capacidade de participar dos sorteios e dos lances. Desse modo, evite contratar uma parcela ou crédito que esteja além das suas possibilidades.

É fundamental, também, identificar promessas enganosas e contratos pouco claros. As empresas não podem garantir a contemplação em um período específico, por exemplo.

Dessa forma, para escolher uma administradora de alto nível, avalie os produtos oferecidos. Busque conhecer os detalhes e as particularidades de cada serviço, verificando as taxas envolvidas em cada parcela e tirando todas as dúvidas específicas com os representantes.

Os profissionais da Racon Consórcios, por exemplo, estão habilitados a esclarecer todas as condições antes de fechar o negócio. Além disso, as condições combinadas nas primeiras conversas são registradas na documentação, o que garante um alto nível de segurança jurídica para os clientes. Desse modo, contar com a empresa pode ser a melhor opção para conseguir uma carta de crédito para carro.

Agora que você já sabe o que é carta de crédito, como ela funciona e quais são suas alternativas de utilização, fica mais fácil se planejar e considerar um consórcio para alcançar seus objetivos financeiros — seja ele a compra de um carro, de um imóvel, seja ele a contratação de um serviço, tudo sempre com economia e segurança.

Ainda tem dúvidas sobre a carta de crédito ou quer aprender mais sobre o assunto? Então continue aqui no blog e acompanhe este outro conteúdo, que detalha ainda mais o funcionamento das cartas de crédito em um consórcio.
As informações que constam nesse artigo podem sofrer atualizações sem aviso prévio.
Mostrar comentários
Leia também
drive_eta
Seu carro

Consórcio para trocar de carro: veja como se planejar

drive_eta
Seu carro

Consórcio de carros usados: como funciona?

drive_eta
Seu carro

Carros seminovos de até R$ 30 mil? Veja qual vale a pena comprar!