Meu Primeiro Imóvel

8 benefícios que você não conhecia sobre consórcio imobiliário

Conheça oito benefícios do consórcio imobiliário e tenha certeza que estará fazendo um ótimo investimento!

Procurado por cada vez mais brasileiros, os consórcios imobiliários vêm se destacando por facilitar a aquisição de imóveis através de planos econômicos e flexíveis, que se adaptam ao perfil de cada cliente.

O consórcio é organizado através do autofinanciamento, em que um grupo de pessoas físicas ou jurídicas se associa para promover uma poupança comum com o intuito de adquirir um imóvel. Esse grupo é gerenciado por uma empresa administradora de consórcio.  É uma maneira sustentável de comprar o bem, pois não é necessário realizar empréstimos de instituições financeiras, bem como incentiva o consumo racional e o planejamento orçamentário.

E você, se interessou por essa modalidade que vem crescendo no cenário brasileiro? Conheça, a seguir, oito benefícios que os consórcios imobiliários podem lhe oferecer e saiba por que essa é uma excelente alternativa para quem deseja comprar um imóvel. Confira!

Não precisa dar entrada

O valor escolhido para o imóvel a ser consorciado é parcelado integralmente, isto é, não há exigência do pagamento de uma porcentagem antecipada. O consórcio imobiliário se faz a alternativa ideal para quem não possui o montante necessário para oferecer como entrada ou que gostaria de utilizar o dinheiro destinado ao pagamento à vista para outros fins, como as despesas de transferência ou pequenas reformas.

Pode usar o FGTS

É possível utilizar o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) para ofertar como lance, quitar o saldo devedor ou amortizar parcelas. Caso o imóvel escolhido seja mais caro que a carta de crédito obtida através do consórcio, o FGTS pode ser usado para completar essa diferença.

É possível tentar acelerar a contemplação

Existem duas formas de contemplação no consórcio, que se dá através de sorteio e lance. Para quem não deseja esperar pela sorte, é possível ofertar um lance. Também é permitido o uso do próprio FGTS e, em alguns planos de consórcio, pode-se utilizar uma porcentagem da própria carta de crédito, que é chamado de lance embutido.

Se o lance ofertado não for o vencedor, o consorciado não precisa fazer o pagamento da quantia que ofereceu e pode usá-la no mês seguinte para dar outro lance.

Não há cobrança de taxa de juros

Os consórcios imobiliários têm sido a escolha dos consumidores que querem fugir das altas taxas de juros praticadas pelos bancos. Nos consórcios, é cobrada apenas uma taxa de administração, que é diluída nas parcelas por todo o prazo de pagamento. Isso é possível em razão do grupo ser autofinanciado. Com isso, o custo final tende a ser menor, bem como o valor das parcelas mensais, tornando a modalidade de consórcio uma opção mais econômica para a compra da casa própria.

Variedade de prazos e planos

As empresas administradoras de consórcios têm investido na diversidade de planos e prazos, para possibilitar ao indivíduo a escolha do melhor consórcio de acordo com o seu perfil. É possível definir o valor da carta de crédito proporcional ao imóvel pretendido, com parcelas mensais a preços acessíveis e também optar pelo prazo para pagar as mensalidades, isto é, o tempo limite para a aquisição do bem. Essa flexibilidade permite ao consumidor planejar-se, estruturando os seus planos de acordo com o orçamento e com incentivo ao consumo responsável.

Liberdade para usar o crédito

Com a carta de crédito em mãos, o consorciado contemplado tem liberdade para usar o valor do crédito no que desejar, desde que se enquadre na categoria do bem consorciado. No consórcio imobiliário, podem-se obter imóveis residenciais ou comerciais, sejam eles novos ou usados. Também é possível adquirir terrenos ou usar a quantia disponível para construir e reformar. Para quem já possui imóveis financiados, é permitido o uso da carta de crédito para quitar a dívida.

Pouca burocracia

A menor burocracia para aquisição de imóveis é um benefício característico dos consórcios. Para adquirir uma cota, normalmente não é preciso comprovar renda, o que se torna uma oportunidade para quem trabalha informalmente.

Os consórcios são fiscalizados pelo Banco Central

O Banco Central é o órgão fiscalizador das administradoras de consórcio. Ele tem a autoridade competente para normatizar e fiscalizar as Administradoras de Consórcios, a fim de resguardar os interesses do grupo de consorciados. Os contratos entre os consorciados e as Administradoras são regidos pela lei 11795/08. Isso garante a segurança necessária para fechar um negócio envolvendo o valor de um imóvel – mas atenção, sempre verifique se a empresa é credenciada ao Banco Central antes de adquirir sua cota de consórcio.

Fazer um consórcio imobiliário é assumir um compromisso de poupar para poder adquirir a casa própria, sendo uma alternativa para quem não tem disciplina para economizar e uma ferramenta para fomentar o hábito de investir. E, como a carta de crédito equivale ao pagamento à vista, há um maior poder de negociação que poderá render bons descontos.

É uma modalidade vantajosa para quem tem a possibilidade de se planejar e se organizar financeiramente. Para quem deseja adquirir o bem com urgência, o mais indicado é procurar outras formas de acesso ao bem.

Bom, agora que você já conheceu mais oito benefícios do consórcio imobiliário, procure uma administradora de confiança e escolha um plano que seja compatível com seu plano de vida e tenha cada vez mais perto a realização da compra do imóvel dos seus sonhos!

E então, gostou de aprender mais sobre as vantagens do consórcio? Aproveite para nos contar quais benefícios mais lhe atraíram, comente abaixo!

As informações que constam nesse artigo podem sofrer atualizações sem aviso prévio.