Meu Primeiro Imóvel

Novos ares: o que é preciso para mudar de cidade?

Quer mudar de cidade e não sabe por onde começar? A gente ajuda você! Confira o que é necessário saber antes da mudança!

Seja por conta do tempo perdido no trajeto casa/faculdade/trabalho, nova oportunidade de emprego ou por outro motivo, muitos desejam, e até precisam, mudar de cidade. Aliás, para quem é jovem, a mudança tem um significado maior ainda: implica, muitas vezes, em sair da casa dos pais e ter mais independência.

Embora possa parecer uma ideia maravilhosa — e é mesmo! —, antes de fazer as malas e dizer tchau para a sua família, é bom estar preparado e consciente dos desafios que virão. Assim, você não será pego de surpresa caso algum perrengue apareça!

Mas o que de fato é preciso saber antes de mudar de cidade? Vem com a gente que selecionamos algumas dicas especialmente para quem está nessa situação. Vamos lá!

Quando é a hora certa de mudar de cidade?
Quando E A Hora Certa De Mudar De Cidade

Puxe um pouquinho o freio de mão na empolgação e, em primeiro lugar, avalie se realmente está na hora certa de mudar de cidade. E como saber isso? Comece por avaliar dois pontos básicos: sua rotina e sua condição financeira.

Por exemplo, se o seu trabalho e a faculdade estão fora da cidade onde você vive, a mudança pode proporcionar mais tempo, qualidade de vida e, até mesmo, economia. Por isso, pode ser um excelente momento para mudar.

Além disso, quem trabalha e sabe como poupar dinheiro pode contar com as condições financeiras necessárias para dar um passo mais ousado e bancar os seus próprios custos. Claro, pense bem e com antecedência nos gastos que terá para não ficar no vermelho por conta da decisão.

Obviamente, a escolha ainda pode ser mais complexa, tanto por conta de um emprego quanto por questões pessoais. De todo modo, refletir sobre esses dois aspectos já são o suficiente para ao menos começar planejar a mudança.

O que considerar antes de partir de vez?
O Que Considerar Antes De Partir De Vez

Para mudar de cidade de uma maneira segura e tranquila é necessário considerar uma série de coisas e, dependendo da distância, muitos custos podem estar envolvidos. Então, a palavra-chave para evitar dor de cabeça é planejamento.

Escolha a ferramenta que for mais adequada para você, mas faça uma checklist e organize-se antecipadamente. Caso tenha tempo, o ideal é reservar alguns meses destinados à preparação para a mudança a fim de evitar correria! A seguir, confira a seleção com os principais aspectos que devem ser considerados com antecedência.

Avalie a nova cidade
Avalie A Nova Cidade

Algo que facilitará a sua vida ao mudar de cidade é fazer uma boa avaliação desse novo local onde você vai morar. Pesquise como funciona o transporte e quais são as melhores opções para se locomover entre os lugares que serão mais frequentados, como o trabalho e a faculdade.

Considere ainda a infraestrutura da região com relação a hospitais e espaços de lazer. Também é importante verificar a presença de supermercados, farmácias, academias e comércio local em geral, pois a proximidade com esses lugares deixa a sua vida muito mais fácil e prática.

Aspectos como oportunidades de trabalho, desenvolvimento, segurança e identificação são ainda outros tópicos que podem fazer parte da sua avaliação sobre a cidade.

Viaje antes para o local
Viaje Antes Para O Local

Mesmo que você tenha um espírito bem aventureiro, mudar para um lugar sem conhecê-lo pode ser uma grande cilada. Então, fique esperto, Bino!

No mínimo, faça uma visita antes de mudar, ande pelos principais pontos da cidade e procure interagir com alguns moradores. Lembre-se ainda de que viver em um novo lugar é muito diferente de apenas passear como turista.

Afinal, será necessário lidar com a rotina do dia a dia, trabalhar e cumprir inúmeras obrigações. Aliás, na maioria das vezes, você terá que resolver tudo sozinho e ainda enfrentar o fato de que o local em que vive é desconhecido, ao menos durante o período inicial de adaptação.

Prepare-se para imprevistos
Prepare Se Para Imprevistos

Mesmo com planejamento e com pensamento positivo, imprevistos fazem parte da vida, e podem acontecer muito mais quando você decide mudar de cidade. Aliás, isso ainda é mais marcante para quem deixa a casa dos pais e passa a viver por conta própria.

Inúmeros problemas podem ocorrer, desde um eletrodoméstico quebrado e que você não sabe onde levá-lo para consertar, até dificuldades de adaptação e para fazer novos amigos. Pode ter certeza de que as responsabilidades aumentarão de forma considerável!

E como lidar com essas questões? Uma boa dica é diminuir as expectativas exageradas sobre a mudança, colocar os pés no chão e a mão na massa quando preciso, além de, aos poucos, montar uma lista de contatos de serviços que pode precisar — chaveiro e encanador, por exemplo.

Outra recomendação importante é manter a calma e a cabeça fria, independentemente do tamanho do imprevisto. É claro, isso se aprende com o tempo, mas já é bom estar preparado!

Planeje-se financeiramente
Planeje Se Financeiramente

Por falar em imprevisto, planeje-se financeiramente para evitar dívidas. Mudar de cidade implica em uma série de gastos que vão muito além da mensalidade da Netflix ou de outros serviços de streaming.

Pense, por exemplo, quanto será necessário pagar para transportar roupas, objetos pessoais e a mobília para o seu novo lar. Por outro lado, quem for mobiliar do zero precisa considerar o valor dos móveis para casa e dos principais eletrodomésticos, como fogão, máquina de lavar e geladeira.

Também coloque na ponta do lápis quais são os novos gastos básicos considerando os valores praticados na cidade escolhida. Aluguel, condomínio, água, energia e internet são alguns dos principais e que chegam todo mês! Mesmo quem divide apartamento precisa cobrir esses custos.

Além disso, considere ainda a reserva de emergência necessária para se manter, especialmente caso perca o emprego. Antes de mudar, uma boa dica é guardar um valor que cubra todas as suas despesas básicas por um período entre 3 e 6 meses.

Levando em conta todos esses aspectos e planejando, sempre com bom senso, os próximos passos, certamente você conseguirá se dar bem em qualquer lugar que decida viver. E lembre-se ainda de que a experiência pode ser bastante enriquecedora e capaz de deixá-lo pronto para a vida adulta!

Agora que já sabe o que fazer para mudar de cidade, aproveite para descobrir quanto custa morar sozinho e se você tem condições de arcar com os custos!

As informações que constam nesse artigo podem sofrer atualizações sem aviso prévio.